Quando os livros favoritos são os de receitas, quando até os olhos brilham com a ideia de um bolo acabado de fazer, quando a divisão preferida da casa é a cozinha e a magia que dela sai, quando os cheiros a bolos são aromas perfeitos que trazem conforto à alma, quando se acredita que tudo aquilo que damos é tudo aquilo que nos alimenta e quando a paixão e o amor pelo que se faz andam de mãos dadas nascem projectos assim: vindos do coração.
A Tenho uma Ideia!... Nasce da vontade de partilhar, de dar, de criar um momento feliz à volta de um bolo.

9 de junho de 2008

As 3 coisas...

1. Três coisas que me assustam:
- Aquilo que não conheço
- Depressão
- Miséria

2. Três pessoas que me fazem rir:
- Zé
- André
- Rita

3. Três coisas que eu amo fazer:
- Rir
- Dançar
- Ajudar

4. Três coisas que eu odeio:
- Gente má
- Medo
- Mentira

5. Três coisas na minha mala:
- bloco de notas
- máquina fotográfica
- carteira

6. Três coisas que quero fazer antes de morrer:
- ver o André andar
- ser avó
- fazer um cruzeiro

7. Três coisas que eu sei fazer:
- cozinhar
- decorar bolos
- lutar pela minha família

8. Três maneiras de descrever a minha personalidade:
- Extrovertida
- Apaixonada
- Teimosa

9. Três coisas que eu não consigo fazer:
- correr
- andar de patins
- deixar um amigo desamparado

10. Três bandas/cantores que eu acho que toda a gente devia ouvir:
- Trovante
- Ivete Sangalo
- André Sardet

11. Três coisas que eu digo frequentemente:
- amo-te
- estou aqui...
- força!

12. Três das minhas comidas favoritas:
- bacalhau com natas
- massas
- peixe grelhado

13. Três coisas que eu gostaria de aprender:
- a não complicar
- cake design
- decoração

8 comentários:

Iveta disse...

Tentei responder a este desafio, mas enperrei logo na segunda questao, na verdade o auto-conhecimento é um pau de dois bicos...
Surpreendes-me nas respostas, emocionas-me nos anseios.
Ser avó é optimo (no meu caso nao difere muito de ser mae, e até desmaiei na sala de parto... ehehe).
Fazer um cruzeiro pode ser uma experiencia muito gira, dependendo das águas (a minha experiencia foi no mediterraneo, e adorei)
Também eu quero que vejas o André andar!
Forca, estamos aqui, gosto muito de vós!

Paulo Leitão Santos disse...

Parabéns por esta entrada no mundo dos blogues. Força Teresa e vai deitando cá para fora as tuas opiniões, as tuas ideias, os teus sentimentos...

Marisa disse...

Olá Teresa. Obrigado por partilhares comigo o teu blog. gostei muito... até às lágrimas!!!
BJS. MARISA!!!

jp disse...

Saúdo esta "gulosa" entrada blogosférica, na certeza de que poderemos contar com mais uma (verdadeira) Amiga de Peniche, no clube dos blogues penicheiros.

carla disse...

Bem!!!!
CINCO ESTRELAS
Adorei.
Deixaste-me mais uma vez com água na boca.
Beijinhos.

António O. disse...

Só hoje soube e só hoje felicito por aquilo que:
Até ontem era só um sonho...
Agora é um projecto...
Amanhã será um sucesso.
E que assim seja em todas as coisas...
Beijinhos a todos, e já agora, de todos nós.

Pedro Nunes disse...

Ola sou o filho + novo da Célia....
n sei se me conheces, eu n te conheço mas ja ouvi falar mt bem de ti, e tb dos bolos k fazes; aliás alguns deles vi-os ao vivo e tavam mt bem decorados e elaborados.
Continua assim k terás um futuro mt feliz, tenho a certeza. Com a arte de fazer td o tipo de bolos k tu tens... vais ver k vais ser mt feliz ao lado de tds akeles k gostam de ti.

Paula Chaves disse...

Olá quem diria que a menina franzina que eu vi crescer e a quem aturei algumas birras vinha a ser esta mulher tão decidida e empreendedora. Há muito tempo que não te vejo mas sei sempre noticias pela minha mãe.
Teresa não desistas dos teus sonhos,há sempre uma luz ao fundo do tunel e a esperança nunca pose acabar. Beijos.